TRATAMENTO COM LASER DE CO2 FRACIONADO                                                                

Indicado para o tratamento das linhas finas da face, rugas superficiais e profundas, textura, cicatrizes de acne, estrias e diminuição da flacidez da pele provocada pelo envelhecimento, recuperando a tonicidade da pele. Pode ser aplicado em quaisquer áreas do corpo, como rosto, pálpebras, pescoço, colo, mãos, braços e pernas.

A tecnologia fracionada permite o laser atingir a pele por meio de vários microfeixes de luz, bem próximos uns dos outros, que vão aquecer e eliminar as células atingidas. São as áreas de pele intacta que irão acelerar a recuperação dos tecidos destruídos, substituindo-os por novos e promovendo a reestruturação da epiderme (camada superficial da pele). O laser atinge ainda as camadas mais profundas da pele, estimulando a cicatrização e a remodelação do colágeno, ativando a contração das fibras e deixando a pele tonificada.

É normal o paciente sentir dor, ardor leve e sensação de queimação algumas horas após o procedimento, mas que podem ser aliviadas com uso de compressas. Nos primeiros dias seguintes ocorre vermelhidão e inchaço, seguido da formação de finas crostas sobre a pele, que são rapidamente eliminadas. A partir do quinto dia inicia-se a descamação total da pele, quando o resultado já começa a ser percebido e o paciente já pode retomar suas atividades normais.

O procedimento é contraindicado para pele negra e/ou bronzeada, para grávidas e para pacientes: em tratamento com Isotretinoína(Roacutan®); em tratamento imunossupressor (radioterapia ou quimioterapia);com herpes em atividade; com sensibilidade à luz; e com lesão pigmentar suspeita.

ORIENTAÇÕES PRÉ-PROCEDIMENTO: 

  1. É aconselhável que protetor solar seja aplicado por, no mínimo, duas semanas antes do tratamento a laser;
  2. O preparo da pele deverá ser feito conforme as orientações médicas e o paciente não deve estar bronzeado.
  3. Medicações antibióticas e/ou antivirais profiláticas podem ser indicadas e devem ser usadas de acordo com o critério médico indicado.

 

ORIENTAÇÕES PARA O DIA DO PROCEDIMENTO: 

  1. Chegar uma hora antes do procedimento para fotos e aplicação do anestésico tópico ou injetável, à critério médico.
  2. É aconselhado trazer um acompanhante para acompanhar o(a) paciente após o término do laser.

 

ORIENTAÇÕES PÓS-PROCEDIMENTO: 

  1. Aplicar compressas frias imediatamente após o tratamento. Uma sensação de aquecimento poderá durar algumas horas ou alguns dias;
  2. Lavar a área gentilmente com água e limpar duas vezes por dia, sempre começando um dia após o tratamento. Usar a loção de limpeza indicada para higiene do local tratado;
  3. Os pacientes poderão tomar banho no dia seguinte, mas evitar água muito quente na área tratada. Enxaguar com água gelada ou morna (não poderá esfregar);
  4. Evitar tocar (ficar “cutucando”) e esfregar agressivamente a pele tratada;
  5. Evitar o consumo excessivo de sal antes e após o tratamento. Além disso, é melhor dormir com o encosto elevado, principalmente nas duas primeiras noites. Isto poderá ajudar a minimizar o inchaço;
  6. Usar um chapéu de proteção e óculos escuros nas primeiras duas semanas ao sair de casa;
  7. Evitar sujeira, lugares com poeira, enquanto a pele ainda estiver cicatrizando;
  8. Evitar spray de cabelo, perfumes etc., enquanto a pele ainda estiver cicatrizando;
  9. Evitar a esfoliação tópica por quatro semanas;
  10. O uso de maquiagem mineral está liberado depois que a pele estiver cicatrizada (geralmente após o quinto dia);
  11. Utilizar hidratante antes do filtro solar, e repetir várias vezes ao dia, de acordo com a orientação médica;
  12. Calmante: se o(a) paciente sentir queimação, borrifar água Thermal ou água filtrada ou fazer compressa por 10 minutos;
  13. Iniciar o uso de filtro solar dois dias após o procedimento. Evitar ao máximo qualquer tipo de exposição solar;
  14. O(a) paciente deverá comparecer aos retornos agendados para avaliações pós-procedimento. O não comparecimento aos retornos solicitados desobrigará o médico de qualquer compromisso com o resultado pretendido, bem como na programação estipulada;
  15. Após o tratamento é possível que o(a) paciente necessite se ausentar de suas atividades por período que pode variar de três a sete dias.

 

COMPLICAÇÕES E POSSÍVEIS EFEITOS ADVERSOS: 

  1. Hipopigmentação;
  2. Hiperpigmentação temporária;
  3. Dor transitória e sensação de queimação podem surgir imediatamente após o tratamento, mas são rapidamente resolvidas;
  4. Pacientes com história de herpes simples podem ter uma reativação desta ocorrência;
  5. Formação de cicatriz hipertrófica (dura e avermelhada). Tal possibilidade aumenta principalmente se o(a) paciente estiver bronzeado(a);
  6. Reaparecimento da lesão (raramente) ou do problema tratado.