fbpx
Atendimento: +55 (31) 3327-4747

Microagulhamento

Microagulhamento

microagulhamentoEm épocas em que a busca por tecnologias de ponta com luzes, na visão da mídia, parece não deixar espaço para nenhum outro tratamento, falar das possibilidades do microagulhamento deve atrair pouca atenção.

Pois a boa nova é que o tratamento com agulhas é uma tendência mundial. Inúmeras publicações e debates em congressos dermatológicos de grande respeitabilidade científica em todo mundo trazem para discussão o uso de rolos de agulhas no tratamento do envelhecimento da pele, na correção das cicatrizes, estrias e em outras indicações.

As principais indicações do Microagulhamento são fotoenvelhecimento (resurfacing), cicatrizes de acne, de queimadura, cirúrgicas, entre outras aplicações. A técnica pode ser indicada também no tratamento de estrias, melasma, melhora da textura da pele (poros dilatados) e para auxiliar na deposição de substâncias terapêuticas nas camadas mais profundas da pele (drug delivery)

O microagulhamento é um sistema de rolamento que contém inúmeras microagulhas que geram centenas de microlesões na pele. Esta ação desencadeia mediadores químicos que estimulam os fibroblastos a produzirem mais colágeno e elastina para restaurar a pele danificada. Com este aumento na produção dessas substâncias, toda a pele é reestruturada e beneficiada com a reorganização das fibras internas, o que leva à diminuição das rugas, das cicatrizes de acne, resultando em uma pele mais firme e com mais viço.

O procedimento com a microagulhamento deve ser realizado sob anestesia local e a técnica depende do operador. É indicado aplicar o equipamento paralelamente à pele e realizar o rolamento em forma de estrela. As agulhas, que possuem de 0,1 A 2mm de comprimento, são extremamente afiadas e penetram na pele a 1,2 mm. Produz-se um microssangramento que só é visível por meio de lupa, até se obter um padrão uniforme de micromanchas avermelhadas. O Microagulhamento cria orifícios minúsculos na pele que se fecham em minutos, sem deixar marcas na epiderme. O sangramento cessa após alguns minutos e o eritema desaparece após algumas horas. Portanto, não há downtime social, ou seja, a pessoa não precisa afastar-se de suas atividades diárias.

Os resultados são percebidos após dois a três meses, uma vez que o ‘amadurecimento’ do novo colágeno é um processo lento. Espera-se melhora de 70% a 80% após duas a quatro sessões. É recomendável intervalo de seis a oito semanas entre elas, quando se observam os resultados. Porém, se não houver melhora significativa após a quinta sessão, deve-se considerar outros tratamentos.

Agendar este tratamento

Comentários